A 16.ª jornada da Liga NOS trouxe um reforço da liderança para o Benfica, depois da vitória em Guimarães e do empate do FC Porto em Paços de Ferreira. Quanto ao Sporting, venceu na receção ao Feirense e aproveitou o empate do Sp. Braga na Choupana para igualar os minhotos no terceiro lugar, distanciando-se do V. Guimarães.

Começando pela Cidade-Berço, o Benfica chegava ao D. Afonso Henriques para um dos jogos mais difíceis da época. Mas a dupla que, na temporada passada, marcou muitos golos, voltou a ser decisiva para a equipa de Rui Vitória. Jonas inaugurou o marcador aos 19 minutos, com Mitroglou a fazer o 2-0 final aos 42’.

Logo a seguir, o FC Porto entrava no Estádio Capital do Móvel a saber que não podia falhar, caso contrário ficava mais longe da liderança. Infelizmente para os dragões, verificou-se um resultado que já conhecem bem esta época: 0-0 frente ao P. Ferreira. Nesta altura, o FC Porto mantém o segundo lugar, mas está a seis pontos do Benfica.

Na visita à Choupana, o Sp. Braga não fez melhor diante do Nacional, alcançando também um empate a zero no jogo que abriu a jornada. Na estreia de Predrag Jokanovic como novo técnico dos madeirenses, o Nacional conseguiu um ponto frente a uma das equipas do topo da tabela.

O Sporting aproveitou o resultado da Choupana para alcançar o Sp. Braga na classificação, ganhando em Alvalade ao Feirense por 2-1. Aos 17 minutos, Bas Dost já tinha marcado dois golos (o primeiro foi aos 5’) que colocavam os leões a vencer por 2-0. Na segunda parte, Platiny reduziu para a equipa visitante aos 61’. Elias ainda foi expulso no Sporting aos 90’+2, mas a vitória foi mesmo garantida.

Em Vila do Conde, Rio Ave e Desportivo de Chaves empataram 2-2. A equipa de Luís Castro começou melhor, com Tarantini a abrir o marcador aos 18 minutos. Contudo, os flavienses iriam dar a volta na segunda parte, após golos de Fábio Martins (aos 54 minutos) e de Rafael Lopes (aos 75’). O Rio Ave evitaria a derrota a dez minutos do fim, com um golo de Guedes.

Pedro Gómez Carmona somou a sua terceira derrota em três jogos como treinador do Estoril, depois do desaire caseiro frente ao Marítimo por 1-0. O único golo dos madeirenses foi marcado por Raul Silva, aos 36 minutos.

No Estádio do Bessa, o Boavista venceu o V. Setúbal por 1-0. A primeira vitória de Miguel Leal no recinto boavisteiro foi conseguida com um golo de Fábio Espinho, aos 27 minutos, na sequência de um penálti.

O Tondela continua com a situação muito complicada na luta pela manutenção. A equipa de Petit perdeu em casa diante do Arouca, por 2-1. Walter González (aos 5 minutos) e Jorginho (aos 63’) marcaram os golos da equipa de Lito Vidigal, enquanto Pité reduziu para os beirões aos 80 minutos.

Por fim, no jogo que encerrou a jornada, o Moreirense recebeu e venceu o Belenenses por 1-0, com David Ramírez a marcar o único golo do encontro, aos 84 minutos. A equipa de Augusto Inácio consegue assim uma vitória importante na luta pela manutenção.