Na 17ª jornada da liga espanhola, destacam-se as goleadas de Real Madrid e de Sevilha, a vitória segura de Atlético de Madrid e o empate sofrido do Barcelona. Foram algumas as mexidas na tabela classificativa, embora na frente permaneça o Real Madrid que, com menos um jogo disputado, conseguiu aumentar a vantagem para o segundo colocado, lugar que agora pertence ao Sevilha.

Começando pelo líder, o Real Madrid recebeu o Granada no estádio Santiago Bernabéu, vencendo com uns expressivos 5-0. Isco, aos 12 e aos 31 minutos, bisou na partida. Os restantes marcadores foram Karim Benzema, aos 20′, Cristiano Ronaldo, aos 27′, e Casemiro, que apontou o único golo da segunda parte, aos 58′. O jogo ficou marcado pela homenagem a CR7, antes do apito inicial, que levou as suas quatro Bolas de Ouro ao relvado (antes de, ontem, vencer o prémio The Best da FIFA). Esta homenagem contou com a presença de ilustres convidados, como o próprio treinador da equipa, Zinedine Zidane, o também português Luís Figo, o brasileiro Ronaldo, Michael Owen e ainda Raymond Kopa. O Real Madrid tem agora, pelo menos quatro pontos de vantagem para o segundo lugar, visto que tem menos um jogo. O Granada continua em penúltimo, estando em sérios riscos.

De seguida, foi a vez de o Atlético de Madrid entrar em campo, derrotando o Eibar por 2-0. A jogar fora, a equipa de Madrid apenas conseguiu adiantar-se no marcador na segunda parte, através de Saúl Níguez, primeiro, aos 54 minutos, e, depois, de Antoine Griezmann, aos 74′. O Atlético de Madrid ultrapassa assim o Villarreal e a Real Sociedad, estando agora na quarta posição. Já o Eibar desceu para o décimo lugar.

O Sevilha deslocou-se ao Anoeta, naquele que se previa ser um jogo muito renhido e bem disputado com a Real Sociedad. No entanto, o Sevilha superiorizou-se claramente, ganhando 4-0. Wissam Ben Yedder foi o homem do jogo, tendo feito um hat-trick na partida. Pablo Sarabia marcou o restante golo. Este resultado permite ao Sevilha subir para segundo lugar na classificação, passando o Barcelona. A Real Sociedad, porventura, desceu para o sexto posto.

O El Madrigal vestiu-se de gala para assistir ao empate da equipa da casa, o Villarreal, frente ao Barcelona. Nicolas Sansone marcou o primeiro aos 49 minutos, deixando o estádio ao rubro. Contudo, um livre directo batido de forma exímia por Lionel Messi, quando estavam decorridos precisamente 90 minutos de jogo, permitiu à equipa do Barcelona sair do estádio com um ponto na bagagem. Jaume Costa foi ainda expulso no Villarreal, quando o jogo estava prestes a acabar. O Barcelona vê-se então ultrapassado pelo Sevilha, estando agora a cinco pontos do líder Real Madrid. O Villarreal desce também na tabela, para o quinto posto.

Todos os resultados

Espanyol 1-1 Deportivo (63′ Moreno; 59′ Borges)

Real Madrid 5-0 Granada (12′,31′ Isco, 20′ Benzema, 27′ Ronaldo, 58′ Casemiro)

Eibar 0-2 Atlético de Madrid (54′ Níguez, 74′ Griezmann)

Las Palmas 1-0 Sporting Gijón (55′ El Zhar)

Real Sociedad 0-4 Sevilha (25′, 29′, 83′ Ben Yedder, 73′ Sarabia)

Athletic Bilbao 0-0 Alavés

Bétis 2-0 Leganés (51′ Castro, 85′ Piccini)

Celta de Vigo 3-1 Málaga (7′ Aspas, 60′ Wass, 73′ Fontas; 86′ Wass (a.g.))

Villarreal 1-1 Barcelona (49′ Sansone; 90′ Messi)

Osasuna 3-3 Valência (7′ Riera, 62′ Torres, 90+2′ Clerc; 2′ El Haddadi, 45′ Riera (a.g.), 73′ Montoya)

 

Classificação

2017-01-10

 

Advertisements