A 31.ª jornada da Bundesliga fica inevitavelmente marcada pela confirmação do pentacampeonato do Bayern Munique. Depois do empate do Leipzig, os bávaros ficavam a uma vitória de serem campeões e golearam por 6-0 no terreno do Wolfsburgo. O outro destaque vai para o Darmstadt que, apesar de continuar a muitos pontos da manutenção, voltou a vencer e a adiar a descida.

O título do Bayern Munique foi confirmado com uma goleada por 6-0 no terreno do Wolfsburgo. David Alaba inaugurou o marcador aos 19 minutos, com Robert Lewandowski a bisar aos 36 e aos 45′. Na segunda parte, Arjen Robben fez o 4-0 aos 66′, antes da expulsão de Luiz Gustavo aos 78′. Thomas Müller marcou aos 80′ e Joshua Kimmich fechou o resultado aos 85′. No que toca a portugueses, Vieirinha foi lançado ao intervalo e Renato Sanches saiu do banco aos 75′. O Bayern garante assim que vai acabar a Bundesliga em primeiro lugar, sagrando-se pentacampeão. O Wolfsburgo desce assim para o 15.º lugar, com os mesmos pontos do Mainz.

Antes da vitória do Bayern, o Leipzig não foi além de um empate a zero na receção ao Ingolstadt. Num jogo sem golos, destaque para a expulsão de Alfredo Morales no Ingolstadt aos 86 minutos. O Leipzig continua em segundo lugar, agora a 10 pontos do campeão Bayern. O Ingolstadt está em 17.º, a quatro pontos de Hamburgo, Wolfsburgo e Mainz.

A fechar a jornada, o Hoffenheim recebeu e venceu o Eintracht Frankfurt por 1-0. O único golo do jogo foi marcado já nos 90 minutos, por intermédio de Benjamin Hübner. O Hoffenheim recupera o terceiro lugar, estando a cinco pontos do Leipzig. O Eintracht Frankfurt desce para o 11.º lugar, com os mesmos pontos do Schalke 04.

O Borussia Dortmund não conseguiu mais do que uma igualdade a zero na receção ao Colónia. O português Raphaël Guerreiro saiu do banco do Dortmund aos 66 minutos. O Borussia desce assim ao quarto lugar, a um ponto do Hoffenheim. O Colónia mantém o oitavo posto, a dois pontos do Friburgo.

O Werder Bremen recebeu e venceu o Hertha de Berlim por 2-0. Fin Bartels, aos 9 minutos, e Max Kruse, aos 15′, fizeram os dois golos da equipa do Bremen. O Hertha mantém o quinto posto, a 11 pontos do Borussia Dortmund. O Werder Bremen salta para o sexto lugar, a um ponto do adversário desta jornada.

O Darmstadt recebeu e venceu o Friburgo por 3-0, voltando a evitar a descida de divisão nesta jornada. Felix Platte fez o primeiro do jogo aos 22 minutos, com Jérôme Gondorf a ampliar a vantagem aos 45′. Sven Schipplock fechou o resultado aos 65′. O português Daniel Fernandes ficou no banco do Darmstadt. O Friburgo desce para o sétimo lugar, a um ponto do Werder Bremen. O Darmstadt continua a ser o último classificado, a cinco pontos do Ingolstadt.

O Borussia Mönchengladbach foi ao terreno do Mainz vencer por 2-1. Lars Stindl, aos 31 minutos, e Nico Schulz, aos 46′, fizeram os golos da formação visitante, com Yoshinori Muto a reduzir distâncias aos 89′. O Borussia subiu ao nono lugar, com os mesmos pontos do Colónia. O Mainz baixa para a 14.ª posição, a dois pontos do Augsburgo.

A abrir a jornada, o Schalke 04 goleou no terreno do Bayer Leverkusen por 4-1. Guido Burgstaller fez o primeiro golo aos 6 minutos, com Benedikt Höwedes (aos 10′) e Alessandro Schöpf (aos 18′) a ampliarem para 3-0. Na segunda, Burgstaller bisou aos 50′, com Stefan Kiessling a reduzir aos 69 minutos. O Schalke 04 subiu ao 10.º lugar, a um ponto de Borussia Mönchengladbach e Colónia. O Bayer Leverkusen continua a ser 12.º, a cinco pontos de Eintracht Frankfurt e Schalke.

Por fim, o Augsburgo goleou na receção ao Hamburgo por 4-0. Halil Altintop marcou os dois primeiros golos, aos 28 e aos 42 minutos, com Philipp Max a fazer o 3-0 aos 76′. Raúl Bobadilla fechou a contagem com um golo aos 85 minutos. O Augsburgo sobe para o 13.º lugar, a um ponto do Bayer Leverkusen. O Hamburgo desceu para 16.º, com os mesmos pontos do Wolfsburgo.

Anúncios