O Sp. Braga foi ao terreno do Desportivo das Aves vencer por 2-0, em mais um jogo da terceira jornada da Liga NOS. Danilo e Ricardo Esgaio marcaram na segunda parte, num encontro marcado pela expulsão de Amilton.

Abel Ferreira veio para este jogo com algumas poupanças no onze, até porque na quinta-feira os arsenalistas jogam a segunda mão do playoff da Liga Europa, em casa contra o Hafnarfjördur. Mesmo assim, o Braga foi a melhor equipa em campo, criando a primeira situação de golo aos 10 minutos, num livre direto de Xadas. Perante um Aves que dependia demasiado do avançado Alexandre Guedes (que foi bem controlado pelos centrais), Adriano Facchini foi importante na primeira parte a negar alguns golos (Fábio Martins que o diga) e a permitir que o resultado ao intervalo estivesse empatado a zero. Quando não foi Adriano, foi Paulinho a acertar na trave. E se em termos de jogo jogado as coisas já estavam difíceis para o Aves, pior ficaram quando Amilton foi expulso. O brasileiro saltou com Rosic e atingiu-o na cara, deixando o sérvio a sangrar. O árbitro Fábio Veríssimo deixou-se levar pelo sangue (o salto do brasileiro foi normal) e mostrou o cartão vermelho, estávamos no minuto 41.

Para a segunda parte, a toada manteve-se. Adriano Facchini foi sempre um guarda-redes muito mais chamado ao jogo do que Matheus, com a equipa de Ricardo Soares a não conseguir criar perigo. E aos 57 minutos, chegou o primeiro golo. Livre direto executado de forma perfeita por Danilo, a fazer mexer o marcador. O Sp. Braga começou a controlar a vantagem, conseguindo fazê-lo porque o Aves continuava a depender em excesso de Alexandre Guedes, que estava bem vigiado pelos centrais bracarenses. E aos 90’+4 minutos, o Braga chegou mesmo ao segundo e último golo. Mais um tento de belo efeito, desta vez apontado por Ricardo Esgaio, que sobrevoou Adriano Facchini antes de entrar na baliza.

O Braga chega assim à sua segunda vitória e aos seis pontos, podendo agora pensar na receção ao Hafnarfjördur que poderá dar acesso à fase de grupos da Liga Europa. Já o Aves mantém o ponto que tinha conquistado em Paços de Ferreira, jogando na casa do Boavista na próxima ronda do campeonato.

Anúncios