Caro leitor, se não viu ou não acompanhou o encontro entre o Atlético de Madrid e o Málaga, fique a saber, de antemão, que foi um jogo histórico e carregado de simbologia. Cinquenta anos após a inauguração do estádio Vicente Calderón, a equipa madrilena passa a disputar os jogos em casa no novíssimo Wanda Metropolitano, um estádio moderno e futurista, com capacidade para albergar 68 mil espectadores, e que promete ser palco de muitas vitórias e conquistas para a formação actualmente comandada por Diego Simeone.

Estádio cheio, relvado perfeito, bandeiras e cachecóis ao alto, o Rei de Espanha na bancada, muita festa e até um homem a cair de pára-quedas no meio do terreno. Assim foi inaugurado o estádio, numa festa que se iniciou muito antes do início da partida e se estendeu até ao final do encontro. Em relação ao jogo em si, o Málaga não foi capaz de estragar a festa e acabou derrotado por 1-0, com o primeiro golo da história do Wanda Metropolitano a ser marcado por Antoine Griezmann.

A primeira parte não teve grandes incidências, apenas com destaque para uma boa mancha de Jan Oblak a remate de Borja Bastón junto ao poste esquerdo. Logo no início do segundo tempo, rápida transição atacante por parte dos colchoneros, com Koke a rematar rasteiro ao meio da baliza, permitindo uma defesa tranquila ao guardião Roberto.

O golo acabou por aparecer aos 61 minutos. O Atlético de Madrid entrou com tudo após o intervalo, numa busca incessante pelo golo, até que Ángel Correa faz uma jogada individual estonteante, onde tirou dois adversários pelo caminho, e cruzou para a área, onde se encontrava Griezmann pronto a finalizar. Delírio entre os adeptos rojiblancos, que viam assim ainda mais motivos para sorrir e celebrar aquele dia.

Até final, destaque ainda para uma pálida reação do Málaga, por intermédio de Diego Rolán, que ficou com via aberta para rematar à baliza. Assim o fez, mas Oblak, com a ponta dos dedos, desviou a bola por cima da baliza. Confirmou-se então a vitória pela margem mínima do Atlético de Madrid, entrada com o pé direito no novo estádio e com motivação para o que virá nos próximos tempos.

Na jornada que se disputa a meio desta semana, o Málaga defronta o Valência fora de portas, enquanto os colchoneros se deslocam ao reduto do Athletic Bilbao. Na classificação geral, o Atlético de Madrid ocupa a quinta posição, com 8 pontos. Já o Málaga, continua afundado na última posição, sem qualquer ponto somado.

Anúncios